quinta-feira, 3 de janeiro de 2008

Dúbia ligação

Você poderia determinar a semelhança entre família e o número 2? Ou a espessura da linha que se interpõe entre amores mal resolvidos e o morango? Isso é... Como conseguimos ligar assuntos aparentemente independentes em uma conversa descompromissada? Acho incrível a capacidade do ser humano de mudar de assunto seguindo a rapidez do raciocínio, onde uma vírgula mal empregada ou um mau cheiro na rua podem determinar o assunto seguinte.

Nas primeiras horas de 2008, comentava com um amigo as relações de amizade e de repente nos pegamos falando sobre a interação entre tecnologia e a situação ecológica mundial. E mesmo sendo incapaz de definir a lógica do trajeto que fizemos, lembro apenas que concordamos sobre o fato de que seria impossível abrir mão da tecnologia em prol da situação ecológica.

Está equivocado quem pensa que retornar aos tempos das cavernas irá garantir a continuidade da sociedade. Precisamos direcionar as pesquisas tecnológicas para formas de "consertar" os prejuízos causados pela nação ou, pelo menos, não intensificá-los (mais ou menos como nos projetos sustentáveis). Garanto que assim surgiriam mais adeptos a causa ecológica, afinal, qualquer ser humano gostaria de poder salvar o mundo, mas raros abririam mão do seu conforto pela causa ambiental. E não os condeno por isso, depois de anos pesquisando melhorias a solução é renunciar aos progressos e regredir?

5 comentários:

Babi disse...

Muito bem, eu li nas suas palavras o que ouvi da boca do meu irmão Pedro... Biólogo!

Jana disse...

COm algumas pessoas tenho o dom de mudar de assunto e nem perceber.

Sobre meu post. A foto repetidas são por conta do programa de agrupamento q eu uso, que insiste em repeti-las

Beijo

Marcos disse...

Gente. Eu gostei daqui. Geralmente falo isso quando gosto de algum blog. Mas, sério, eu gostei daqui.

Mariposa Apaixonada disse...

Amei, concordo com tudo o q você escreveu.. ;)
desde a nossa capacidade curiosa de mudar de assunto até a maneira como a tecnologia é utilizada contra nós mesmos e estamos preocupados em controlar o que não deeríamos do ajeitar o que já destuimos por conta dessa sede de poder. ENFIM ;)

(tu n lembra de mim não né? época de fotologs /psic0delica - heuihieauhiueahhea - fui tentar te add no msn de novo um dia desses pq o meu antigo eu n uso, mas acho q tu n se ligou qm era.. enfim.)

vou te linkar, só pq eu sei o quanto vc escreve BEM e eu sempre gostei de ler as coisas que vc escrevia no fotolog, no blog n vai ser diferente (hehehe). ;D

Pedro disse...

Concordo com você. O que temos que fazer é procurar mais conforto de forma mais sustentável e não abrir mão de tudo.